BOTA A CARA NO SOL QUERIDA

Olá gatinhas e gatonas,
O verão está chegando e é super válido lembrar o uso do protetor solar nessa época do ano. Por mais que vocês queiram o bronze perfeito não se pode abrir mão os cuidados com a pele.
As peles de cor mais clara são mais sensíveis que as negras e morenas, pois, possuem mais melanina. Porém pessoas negras e morenas também precisam fazer o uso de protetor solar para protegerem do envelhecimento causado pelos raios UV e até de doenças como o câncer de pele.
Lembre-se que ao adquirir o protetor solar, vocês devem focar sempre no fator de proteção solar de acordo com o seu tipo de pele, quanto maior FPS maior proteção.
O uso de protetor solar deve ser diário e oferecer proteção, mínima de 30, sendo necessária reaplicação a cada 2 horas de exposição. Porém se houver transpiração excessiva ou exposição à água, reaplicação deverá acontecer em um intervalo menor.
Proteja os fios, aplique creme de pentear que apresente proteção solar ao cabelo e use chapéu.
Óculos escuros são indispensáveis para a proteção ocular. Agora, se o seu óculos possui origem duvidosa vá sem óculos, para evitar algum dano a sua vista como queimaduras na retina.
Tatuadas devem usar filtro solar de alta proteção regularmente, já que a tinta usada no processo interage a radiação solar, podendo desbotar e perder seu brilho.
Evite exposição excessiva e prolongada ao sol, use sempre guarda sol.
Alimentos como tomate, mamão, chá verde, amêndoas, cenoura, beterraba, espinafre, morango e framboesa são ricas em vitaminas E e C, betacaroteno, licopeno, ácido elágico e sais minerais que são antioxidantes e foto protetores naturais que ajudam a proteger contra os raios UV e a manter o bronzeado.
Agora vamos lá botar a cara no sol querida!
Beijos

MAQUIAGEM RESISTENTE A ÁGUA X MAQUIAGEM À PROVA D’ÁGUA

Olá gatinhas e gatonas,
Quem nunca fez uma maquiagem incrível para ir a uma festa e após algum tempo dançando, percebeu que a maquiagem estava derretendo? Pois é, esforço e dinheiro jogados fora nessa hora.
Atualmente, a tecnologia no mundo dos cosméticos nos possibilitam maquiagens mais resistentes, onde a gente possa curtir uma noite agitada sem se preocupar com uma maquiagem borrada. Estou falando das maquiagens resistentes e à prova d’água.
O que vocês precisam saber é que existe sim diferença entre a maquiagem resistente e à prova d’água. Pois, toda maquiagem à prova d’água é resistente. Mas, nem toda maquiagem resistente é a prova d’água. O que diferencia uma da outra é a sua fixação e durabilidade.
Essa diferença além de alterar o efeito da maquiagem, trás benefícios quando escolhida de acordo com o tipo de pele.
Leve em consideração tempo de duração do evento, temperatura, tipo de pele e até se há a possibilidade de chorar.
Se a pele transpira com facilidade e é oleosa escolha base e corretivo a prova d’água. Entretanto, se precisar maquiar-se todos os dias, o mais indicado é uma maquiagem resistente à água, deixando as a prova d’água para ocasiões especiais.
Para quem não possui o hábito de usar esse tipo de cosmético, é necessário prestar atenção quando for retirar a maquiagem e usar o demaquilante correto. A maquiagem à prova d’água é removida com a ajuda do demaquilante bifásico, porque apresenta alta fixação. Já a maquiagem resistente à água deve ser removida com demaquilante à base de água ou água morna.
O pulo do gato está em começar a retirar a maquiagem dos olhos e depois passar para o restante do rosto. E claro não se esqueça de higienizar muito bem a pele para que ela se mantenha sempre saudável.

OS TIPOS DE CACHOS, CONHEÇA O SEU #QUEROUMCABELÃO

Olá gatinhas e gatonas,
Todo mundo quer um cabelão não é mesmo? Mas, para isso, é necessário conhecer bem o seu fio. Pensando nisso, trouxe para vocês os tipos de cachos.
O padrão de classificação das curvaturas dos fios vão de 2 à 4 e os tipos são ABC. Sabendo identificar em qual tipo o seu cabelo se encontra, melhor será o resultado ao realizar os tratamentos e cuidados capilares.

Obs: Para vocês entenderem melhor visualmente a estrutura de cada curvatura, no final da explicação de cada tipo, vou postar a foto de 3 amigas diferentes.
Obs²: Tipo 1 não entra na lista porque é cabelo liso e estamos falando de ondulados, cachos e lisos.

Tipo 2
Os cabelos tipo 2 são os ondulados. Os cabelos desse tipo normalmente precisam de tratamento onde o couro cabeludo esteja limpo e a sua extensão hidratada.
2A – Raiz lisa e leve ondulação do comprimento às pontas. São fios mais pesados, indica-se produtos como mousse para evitar o aspecto pesado.
2B – Suas curvas são definidas em S. Indica-se o uso de mousse ou pouco creme sem enxague para uma ondulação perfeita e sem frizz.
2C – É o mais definido e volumoso desse tipo. É recomendado tratamento com maior condicionamento e sem uso de creme sem enxague para melhor modelagem e redução do frizz.

Tipo 3
São os cabelos cacheados. Fios desse tipo precisam de tratamentos que lhe proporcione maior hidratação, condicionamento e umectação para manter sempre o volume desejado.
3A – São cachos mais abertos de estrutura fina e que armam com facilidade. Para modelar, usa-se mousse, ativador de cachos e creme sem enxágue.
3B – Cachos menores e mais definidos de estrutura fina. Indicado ativador de cachos para modelar e como tratamento umectação.
3C – Por possuir estrutura mais grossa, pode ser confundido com o fio crespo. Aposte em ativiador de cachos e pomadas para modelar e reduzir o frizz. Umectação é essencial. Por isso, de preferencia a máscaras ricas em óleos. Dica: use óleo de coco.

Tipo 4
Cabelos crespos e rígidos são secos e frágeis. Necessitam de constante tratamento e umectação. É indispensável o uso de shampoo hidratante que facilite desembaraçar, hidratação que oferece maior concentração de óleo e fazer uso de séruns e reparadores. Cabelos quimicamente tratados necessitam de maiores cuidados.
4A – Enrolados como fio de telefone. Possui maior retenção de umidade dentre os crespos. Abuse e use dos óleos e cremes de pentear.
4B – Consideravelmente bem ressecado e frágil, pode escolher até 75% de seu tamanho natural. São menos definidos que o 4A. Necessitam de constante tratamento e uso de óleos, cremes sem enxague condicionantes e modeladores.
4C – Pouco definido, o fio aparenta crescer para cima, muito volumoso e áspero ao toque. É mais frágil por apresentar maior dificuldade ao pentear e alisar quebrando com facilidade.
Identificou qual é o tipo do seu cabelo? Conte aqui nos comentários.
Um beijinho e até amanhã

MÁSCARA PIGMENTANTE X MÁSCARA REALCE DA COR

Olá gatinhas e gatonas,
A essa altura do campeonato todo mundo já sabe que não estou mais com meu cabelo vermelho. Mas, não é por isso, que deixarei de falar sobre esse assunto: a diferença da máscara pigmentante para a máscara realce da cor.
Muitas pessoas pensam que a máscara pigmentante e o realce da cor são a mesma coisa, mas não, elas possuem funções bem distintas. Mas por que a confusão? Bem, as duas máscaras possuem pigmento, porém o tempo de permanência desse pigmento é diferente. Vale destacar que todas as máscaras seja pigmentante ou realce da cor SÃO TEMPORÁRIAS, ou seja, elas irão sair do cabelo conforme a lavagem do cabelo. Partindo desse principio básico, vamos as informações que irão diferenciar um produto do outro.

MÁSCARA PIGMENTANTE
Google Imagens
A máscara pigmentante deixa o cabelo na sua cor exata, desde que os fios estejam descoloridos, pois, ela age na fibra capilar despigmentada. A máscara pigmentante não é tinta, por isso, não altera a cor do cabelo já pintado ou escuro.

MÁSCARA REALCE DA COR
Google Imagens
Como o seu nome diz, essa máscara irá realçar a cor presente nos fios. Se o cabelo está desbotando ou manchado, o realce de cor será uma ótima manutenção. Entretanto, se você descoloriu o cabelo e vai passar a máscara pigmentante realce de cor, você não obterá a cor desejada. Como disse anteriormente, além de manutenção, essa máscara trata os fios, quanto mais desbotado melhor será seu resultado.

Apesar dessas máscaras serem produtos não agressivos, é necessário fazer o uso de luvas durante sua aplicação, para evitar manchar roupas, pele e até mesmo o local onde estiver realizando a aplicação. E claro, assim como qualquer outro produto é indicado realizar o teste da mecha antes.
Agora que já sabem os passos corretos, fiquem à vontade para soltar a criatividade.

AFINAL, O QUE É QUERATINA? #QUEROUMCABELÃO

Olá gatinhas e gatonas,
Se alguma de vocês já ouviu a frase “meu cabelo não se dá bem com queratina” preciso contar-lhes um fato, isso é mentira!
A queratina é uma proteína responsável pela formação do cabelo e das unhas. A falta da queratina deixa os fios porosos e sem vida, tornando-os mais vulneráveis as agressões externas. Para que o cabelo se torne mais forte é necessário repor a queratina dos fios.
Google Imagens
A queratina pode ser encontrada em shampoos, condicionadores, máscaras, finalizadores, etc. Entretanto, para um resultado eficaz, o recomendado é o uso de produtos que contém maior concentração de queratina. Mas, você não deve sair aplicando esses produtos sem antes conhecer, pois quando aplicado em excesso ou de forma errada, a queratina pode danificar os fios. Então, sem mais delongas conheçam agora todos os tipos de queratina para o cabelo.

QUERATINA LÍQUIDA
É a versão mais concentrada da queratina. Pode ser encontrada em ampolas, máscaras, shampoos e condicionadores de menores quantidades. Pode ser aplicada diretamente nos fios através da nanoqueratinização, técnica usada para revitalização onde é aplicada a queratina diretamente no cabelo, com auxilio de uma escova especial e chapinha que sela as cutículas abertas. Normalmente quem faz essa aplicação é um profissional.
1 – Queratina Líquida - Reconstrução Para Cabelos Danificados - Bio Extratus 100 ml
2 – Queratina Líquida - Reconstrutora Complete Repair  - Amend 150 ml
3 – Queratina Líquida - Save Reconstrução Capilar - Yenzah 120 ml

QUERATINA HIDROGENADA
Seu baixo peso molecular permite que a queratina penetre com facilidade nos fios, recuperando rapidamente a cutícula danificada. É solúvel em água e não pesa o cabelo. Pode ser encontrada em gel, líquida e em alguns produtos de reconstrução. Recomenda-se usar a queratina hidrolisada de 15 em 15 dias.
1 – Queratina Líquida - Reconstrução Para Cabelos Danificados - Bio Extratus 100 ml
2 – Queratina Líquida - Reconstrutora Complete Repair  - Amend 150 ml
3 – Queratina Líquida - Save Reconstrução Capilar - Yenzah 120 ml

A mais comum de ser encontrada nos cosméticos. Indicada para manutenção, pois esse tipo de queratina não é o suficiente para um tratamento com resultado rápido. Entretanto, não é recomendado uso diário, apenas quando houver necessidade de um cuidado a mais.
1 – Pomada Finalizadora Capilar ação instantânea - Neez Profissional - 40 g
2 – Máscara Reparadora Clinic Repair - Benouver Prossional - 500 g
3 – Queratina Hidrolizada Gel - D’Vien - 30 0g

QUERATINA VEGETAL
É a mais próxima da queratina natural do nosso cabelo. Pode ser encontrada nas versões hidrogenada e hidrolisada. Suas proteínas são extraídas das algas, arroz, milho, trigo e soja. Indicada para quem não usa produtos derivados de animais. #crueltyfree
1 – Fluído Queratina Vegetal Folhas - Maxiline 300 ml
2 – Mascara Tarja Preta Queratiba Vegeta - Lola 230 g
3 – Queratina Vegetal com Creatina Reconstrutora – Natural Arganoil 1000 ml

QUERATINA ANIMAL
Extraída da lã do carneiro, penas de aves, chifres e cascos de boi. Penetra na cutícula dos fios. Ao ser aplicada em excesso deixa os fios com aparência de duro.
1 – Queratina Líquida  - Reposição Intensive - Abelha Rainha 60 ml
2 – Queratina Líquida - Reconstrutor Finalizador - Vitalcap 75 ml
3 – Queratina Líquida - Yama 200 ml

Agora que já sabem os tipos disponíveis de queratina para usar no cabelo, não quero desculpas para não ter um cabelão hein...
Beijos